Lore:Akaviri

Lore: Races

Este artigo é sobre races of Akavir. Para the place, veja Akavir.

Akaviri is used to refer to any sentient creature that inhabits Akavir, such as the Kamal and Tang Mo. No mer have ever lived there; the men that did live in Akavir were all "eaten"[Note 1] long ago by the Vampiric Serpent Folk of Tsaesci.

Dragons

The Dragons (drah-gkon and dov-rha to the ancient Nords, or dov in their native language) are a rarely-seen race of large reptilian beasts. They are rumored to be from Akavir (which literally means "Dragon Land"), though there are ancient tales of dragons also coming from Atmora. They are large, scaled creatures, easily several times larger than a human or elf. They have long, slender extremities, with thin bat-like wings and ridges of spikes along their back. Dragons have three sharp talons and one vestigial digit known as a dewclaw on each of their legs, as evidenced by their alphabet.

Dragons are well-known for their affinity for magic which, among other things, grants them the abilities to speak and fly despite their lack of lips or aerodynamic frame. There are several varieties of dragon that come in a range of colors. Blessed with remarkable intelligence, they are nonetheless susceptible to feelings of pride and melancholy. They are distrustful creatures, even of each other. Despite this, they are also somewhat social, and can be driven mad by captivity and isolation. As the immortal children of Akatosh, they are specially attuned to the flow of time, and they feel an innate urge to dominate others that is difficult to overcome. In the mind of a dragon, being powerful and being right are the same, thus they make no distinction between speaking and fighting; battles between them are actually deadly verbal debates.

For more information, see the main lore article.

Kamal

Os Kamal são uma raça de demônios da neve de Akavir. A palavra significa "Inferno da Neve".

Os demônios da neve passam o inferno congelados, Mas quando vem o verão eles descongelam e atacam Tang Mo, sempre sem sucesso. Em uma ocasião, os Kamal invadiram Tamriel sob seu rei, Ada'Soom Dir-Kamal. A invasão teve algum sucesso de primeira, incluindo o saque de Ventúria em Arcéu em 2E 572, mas foi eventualmente derrotado por Almalexia e o Rei Ínfero numa batalha na Montanha Vermelha. As forças Dunmer e Nords foram aliadas à tropas de elite Argonianas no clímax de batalha, e as três raças formaram o Pacto Coração-Ébano pouco depois.

For more information, see the main lore article.

Ka Po' Tun

Os Ka Po' Tun são uma raça de (como-tigres) "povo-gato" que vivem no continente de Akavir. Não se sabe até qual extensão são parecidos ou ligados aos Khajiit. Por mais que todas as outras raças tenham lutado entre si em vários momentos, os Ka Po' Tun consideram os Tsaesci seus maiores inimigos. Eles recentemente se aliaram aos Tang Mo.

O líder dos Ka Po' Tun é Tosh Raka. Há rumores de que ele é um ser divino que foi o primeiro de sua raça a suceder em se tornar um dragão. Entretanto, alguns acreditam que a história seja uma metáfora, Misteriosa Akavir diz que a mudança foi física e que Tosh Raka tem todas as características de um dragão, com uma coloração tigrada. Sob o governo de Tosh Raka, os antigos Po Tun foram renomeados Ka Po' Tun e se tornaram rivais dos supremacistas Tsaesci. Após a derrota final dos Tsaesci, eles planejam invadir Tamriel.

For more information, see the main lore article.

Tang Mo

Os Tang Mo são o generoso e amável povo-macaco. Tang Mo se traduz como "As Cem Ilhas dos Macacos", que se refere a área que vivem. Há muitas espécies de Tang Mo. Eles são muito corajosos e simples, e muitos acredita-se serem insanos. Eles podem levantar exércitos quando precisam, visto que todas as outras nações Akaviri tentaram, em um momento ou outro, escravizá-los. Até então os Tang Mo sempre sucederam em defender sua terra. Recentemente se aliaram de forma perspicaz à seus antigos inimigos, os Ka Po' Tun.

For more information, see the main lore article.

Tsaesci

Os Tsaesci, que significa Palácio Serpente, são uma raça de serpentes vampíricas originárias do continente de Akavir, leste de Tamriel. O povo-serpente aparentemente "comeu" os homens que viviam em Akavir, por mais que tal frase possa se referir à uma assimilação de sua cultura. Sua aparição foi descrita diferentemente em muitas ocasiões, a única consistência neles sendo "altos, bonitos (e assustadores) [e] cobertos em escamas douradas." Eles foram descritos com corpo superior de humano e inferior de serpente em alguns casos, assim como inteiras serpentes em oturos. Os Tsaesci são conhecidos por lutarem sem armadura ou escudo, usando apenas espadas em combate. A natureza da raça é uma tapeçaria de contradições históricas, então o pouco se sabe sobre eles não é apurado. É impossível separar fatos de possíveis ficções de contadores de história ansiosos para deixarem os Tsaesci mais monstruosos.

For more information, see the main lore article.

Notes

1.  The meaning of term "eaten" as given from what is known of the land of Akavir is not clear. Although description of the "vampiric" Tsaesci might suggest literal meaning, it could be a metaphor for being subdued. In Mysterious Akavir by anonymous writer, the Tsaesci are told to have "tried to eat all the Dragons. They managed to enslave the Red Dragons, but the black ones had fled to (then) Po Tun". Also, the Akaviri Diary Translation of an Akaviri messenger states that during his journey to deliver orders to Fort Pale Pass he met another Akaviri messenger, stating that his leg had been badly hurt by wolves. As the Tsaesci are described as beings with humanoid upper body and snake lower bodies, to being entirely snake-like, this statement would suggest that men indeed continued to live in Akavir, even if they were enslaved by the Tsaesci. The Akaviri-made Alduin's Wall shows members of the Dragonguard appearing to be human-looking.