Lore:Oblívio

Lore: Places: O(Redirecionado de Lore:Oblivion)
200px Alert image.png NOTA!

Este artigo ainda está em processo de tradução, portanto, está incompleto.

Ajude! Se você tem o conhecimento necessário, por favor edite este artigo para que possamos remover a marcação de Incompleto.
Esta página está sendo redesenhada para o Projeto de Lugares da Lore (LPP).
A página pode precisar de algum trabalho para se encaixar em nossos padrões da página do projeto.
Oblivion
Type Realm
Sub-regions See Planes of Oblivion
Appears in Battlespire, Redguard, Oblivion, Shivering Isles, Oblivion Mobile, Skyrim, ESO

Oblivion (Oblívio em tradução livre) é um reino dentro de Aurbis, e é habitado principalmente pelos daedra conhecidos como Et'Ada, aqueles que não contribuíram na criação do Mundus.

Há pelo menos dezesseis grandes Planos de Oblivion, cada um governado por um dos Príncipes Daédricos, e mais de 37.000 outros planos documentados, incluindo reinos do caos e realidades de bolso, embora exista muito mais do que isso. A maioria dos reinos são preservados por daedra superiores, mas alguns são governados por mortais que ascenderam à imortalidade, como os Mestres Idôneos. Os reinos dos príncipes daédricos são vastos;

Os 16 principais planos daédricos, seguidos de seus respectivos príncipes daédricos, são:


Cada plano tem aparência diferente, dependendo da natureza de seu governante. Eles podem variar de bonito a desolado; alguns estão além da compreensão mortal. Os governantes associados aos diferentes reinos de Oblivion parecem ser capazes de sentir o que se passa em seus respectivos planos, e a presença de visitantes em seus reinos

Este reino é frequentemente associado a contos de criaturas infernais e à maioria das formas de destruição (especialmente fogo). Embora seja normalmente comparado ao inferno, lar dos demônios, esta comparação só é precisa para os planos dos príncipes dáedricos conhecidos pela destruição, como Mehrunes Dagon e Molag Bal, já que os Daedra não são realmente demônios, apenas seres sencientes que cumprem as ordens (muitas vezes destrutivas) de seus respectivos mestres. É plausível que termo demônio provenha da palavra daimon, que, em si, seria apenas uma versão alternativa do termo Daedra.

Veja Também

Referências